segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

As Visões do Inferno de Zdzislaw Beksinski



Zdzislaw Beksinski foi um pintor polonês dos anos 80 que morreu ainda relativamente desconhecido pelo mundo, apesar de possuir técnicas impressionantes para a época. Ele chegou a trabalhar como supervisor de construção durante muitos anos, mas odiava seu trabalho, e tinha como hobbie tirar fotografias de situações perturbadoras, como bonecas despedaçadas e rostos cobertos de faixas.


Certa noite Beksinki se levantou e começou a pintar no meio da noite. O que se conta é que Beksink tinha muitos pesadelos com visões do inferno e de corpos mortos, e de alguma forma ele tentava transmitir isso em sua arte. “Eu tento pintar o que vejo em meus sonhos como se fosse fotos” foi sua declaração.



Mesmo sem ter tido nenhuma formação artística, seus quadros extremamente realistas foram e ainda são muito estudados. Beksinski utilizava fios, metal e outros materiais em suas pinturas e esculturas. E por vezes parecia tentar ilustrar relações sexuais bizarras entre suas criaturas.



Apesar de suas pinturas vibrarem em cor, textura e realismo, o artista ainda acreditava que não havia conseguido alcançar a profundidade real do que queria transmitir.



Sua primeira exibição, em 1964, foi um sucesso na Polônia e Beksinki conseguiu vender todos os seus quadros, mas seu período de maior inspiração foi com certeza os meios de 1980, conhecido como “período fantástico” de onde veio o maior número dos quadros retratados aqui, e o período onde Beksinki conseguiu muitos fãs na França, Estados Unidos, Japão e Europa.



O artista possuiu uma vida trágica que foi uma de suas muitas inspirações na arte. Sua esposa, Zofia, morreu em 1998 e seu filho Tomasz, que era apresentador de rádio, cometeu suicídio poucos anos depois. O próprio Beksinski morreu em 2005, aos 75 anos, assassinado com 17 facadas. O principal suspeito, o filho do zelador foi preso pouco depois.




Eu tenho enorme respeito pelo artista, e suas imagens são muito utilizadas como ilustrações para creepypastas em diversos blogs mundo afora. Nos link abaixo vocês podem acompanhar um arquivo online de seus quadros. Vejam quando tiverem um tempo, não irão se arrepender.

Um comentário:

Hugo Santos disse...

Isso me faz lembrar da artista coreana que foi ao inferno e desenhou o que viu.